beatriz @ 20:53

7/2/12

Ela desceu a rua. Ela sentia-se uma rainha. Ela ia ter com ele. Finalmente. Ela ia estar perto dele. Quando chegou, não o viu. Resolveu esperar. Esperou e esperou. Ficou horas ali. Imaginou a chegada dele. Imaginou o beijo dele. Imaginou a vida. Era o que ela queria. Era ele. Ela era louca por ele ... Mas de súbito ela começou a ouvir uma voz, era a da sua mãe a acordar-la. foi assim que ela percebeu que aquilo tinha sido um sonho mas aprendeu que ele nem mesmo assim vinha, aprendeu que até os sonhos transmitem as realidades.