beatriz @ 21:00

21/4/13

Não gosto do Passado. Nunca gostei. É algo que nos prende durante anos e anos e na verdade nunca mais temos acesso a ele, pois são meros fantasmas a vaguear nas nossas mentes. São "se", "ou", "e", "talvez...", "não", "sim".... palavras que nos matam dia a dia. É dificil veres as suas diferentes facetas. O fantasma do sucesso. O fantasma da alegria. O fantasma do amor. E pior é constatares que são meros fantasmas, meras memórias que nunca voltaram a ser verdade. Não voltam a ser reais! Gostava que tal não fosse assim. Uma máquina para voltar atrás no tempo, é algo a pensar.... Mas honestamente quantas pessoas avançariam no futuro se assim fosse? A nossa vida é feita de erros. Ou melhor, feita de fantasmas. E apesar de não conviver bem com eles, é algo que não posso evitar. Tenho de aprender. Tenho de aprender a deixar de me esconder deles, com o medo. Mas na verdade o meu medo é terrivel. Detesto os fantasmas que me assombram de noite. Detesto pensar. Detesto sequer ler a palavra passado. Pois todos os fantasmas vão atrás de mim. E eu não quero ser comida por eles. Tenho medo. Mas sei que um dia, como acontece a toda a gente, eles irão desaparacer. Mas em contrapartida não quero que esse dia chegue. Por isso limito-me a ignorá-los e a fugir deles. - Como se fosse possivel ! - Até que um dia me levem de vez. Para o Inferno ou quem sabe para o Paraíso. (É tudo uma questão de espera.)